Laudo De Fauna

O Laudo de Fauna compõe o Processo de Licenciamento Ambiental em casos de Intervenção em APP ou quando a vegetação apresenta estágio médio de regeneração.

Os estudos relacionados à Fauna Silvestre têm como principal objetivo catalogar a diversidade de fauna e identificar as espécies ameaçadas de extinção nas áreas de influência de implantação dos empreendimentos.

Após o Laudo de Fauna pode ser exigido o Programa de Resgate da Fauna Silvestre, Plano de Manejo da Fauna Silvestre e Programa de Salvaguarda da Fauna Nativa.

*DECISÃO DE DIRETORIA Nº 167/2015/C, de 13 de julho de 2015 – Estabelece “Procedimento para a Elaboração dos Laudos de Fauna Silvestre para Fins de Licenciamento Ambiental e/ou Autorização para Supressão de Vegetação Nativa”, e dá outras providências.

Inventário Faunístico

O Inventário Faunístico tem como objetivo identificar a diversidade de espécies animais em uma determinada localidade e em um determinado período.

Os estudos relacionados à Fauna Silvestre catalogam a diversidade de fauna e identificam as espécies ameaçadas de extinção nas áreas de influência de implantação dos empreendimentos.

*DECISÃO DE DIRETORIA Nº 167/2015/C, de 13 de julho de 2015 – Estabelece “Procedimento para a Elaboração dos Laudos de Fauna Silvestre para Fins de Licenciamento Ambiental e/ou Autorização para Supressão de Vegetação Nativa”, e dá outras providências.

Monitoramento de Fauna

O Monitoramento de Fauna e Programa de Salvaguarda da fauna acompanha as populações e comunidades faunísticas, visando identificar e documentar eventuais alterações nos parâmetros biológicos das populações e comunidades que possam estar relacionadas às perturbações causadas pela alteração de habitat, como supressão de vegetação e a presença de maquinários durante a fase de implantação do empreendimento, propondo medidas mitigadoras a fim de minimizar os impactos ambientais.